devaneios repletos de referências e inúmeras playlists, porque a graça da vida é essa

eternamente grávida de ideias

Helen: eu gosto de escrever. Mas acho brega perfil em 3ª pessoa. Porque eu sou eu. Tenho quase 27, me divido entre São Paulo e Paraíba, presente e passado. Gosto de ler, ouvir, assistir. E cito tudo o que conheci em conversas e apresentações, mesmo que aparentemente não faça sentido.
sobre | siga!

17 de jul de 2018

5. War pigs

Quando fiz o último post, ao navegar pelos mares da internet percebi que o aniversário de Geezer Butler, baixista e letrista do Black Sabbath, estava próximo. E também me lembrei que estava em dúvida sobre quais músicas do Black Sabbath postar no 30 day music challenge. Apois. Existe uma música que não conheço quem não goste e referencie ao Sabbath. Eu diria que é a top 3 da banda em popularidade, já que Iron Man e Paranoid são conhecidíssimas, pelo menos na MTV e nos filmes da Marvel.

Esta música aprendi a gostar ainda com meus 16 anos, querendo ser muito foda roqueira do ensino médio, etc. Mas, meu momento roqueira do ensino médio mesmo foi simplesmente mandar um menino do 3º ano se foder sempre que nos víamos, porque para ele logicamente eu era incapaz de gostar de heavy metal como ele e os amigos esquisitos dele. Garotos, eles são eternas crianças, não importa a idade (e eu muito rancorosa, se vocês querem saber).

Trevosa & Travessa no Halloween do curso técnico em Biblioteconomia, 31 out. 2017
Bom. Essa música está para o Black Sabbath como Another brick in the wall está para o Pink Floyd.  Todo mundo gosta e se acha foda com ela. E eu digo: ainda bem! Porque significa que sempre irá tocar em um cover. Os bocós roqueiros-com-piada-ruim vão tentar banguear suas cabeleiras, mas nenhum headbanger brilha tanto como eu nesses eventos, minhas amigas, meus amigos. Porque eu sou uma leoa. E eu fico doida depois de algumas doses e ao balançar a cabeça. Porque, assim, dizem que quando você dança o álcool evapora e você fica menos bêbada. Não eu, quanto mais me mexo, mais eu fico alucinada e trepidante. Mas arrasando, porque sou linda e maravilhosa quando toca

5. a song that needs to be played loud (uma música que precisa ser tocada se possível no último volume) - tradução própria e livre

Eu não só nos covers, mas todos os dias por dentro, não importa a situação
Eu no dia seguinte dos covers, de dor

Continue lendo meu 30 day music challenge!

2 comentários:

  1. Eu amo tanto esses seus posts musicais que tô até pensando em embarcar no desafio também!

    ResponderExcluir